Tudo sobre pronomes – Aprenda de uma vez

Mesmo que você não saiba a definição de pronomes, tenha certeza que você os usa diariamente, seja na fala ou escrevendo um texto.

Leia a frase: “Marcos comprou uma melancia para mim. A melancia que Marcos comprou é muito saborosa.”

Note que a frase soa estranha, pelo excesso do uso dos substantivos Marcos e Melancia. Quando substituímos os excessos por pronomes, a frase fica da seguinte forma:

“Marcou comprou uma melancia para mim. Ela estava muito saborosa.”

Outro exemplo:

Sem pronomes: O carro do João é vermelho. O carro do joão é muito rápido.

Com pronomes: O carro do João é vermelho. O carro dele é muito rápido.

Percebeu como é mais comum falar utilizando pronomes do que ficar repetindo o que já foi dito?

Definição de pronome: Pronome é utilizado para substituir um nome, tem variação de gênero, número e pessoa (1º, 2°, 3º pessoa)

Os pronomes são divididos em pessoais, demonstrativos, interrogativos, possessivos, indefinidos e relativos.

Pronomes pessoais

Os pronomes pessoais são os que substituem os nomes das pessoas. São divididos em 1º, 2º e 3º pessoa.

Para ficar mais fácil para entender a diferença entre as pessoas dos pronomes pessoais. Vejamos o exemplo:

Eu estava jogando bola quando tu me telefonou e me falou sobre ela.”

Nós estávamos jogando bola quando vós (você) nos telefonou e falou sobre ela

Note que nos exemplos acima, a primeira pessoa foi quem praticou a ação (locutor ou quem fala), no caso “jogando bola”. A segunda pessoa é sempre com quem se fala (interlocutor), nos exemplos: tu/vós. Terceira pessoa é de quem ou do que se fala, nos exemplos: ela.

  • Eu ? mim, me, comigo;
  • Tu ? te, ti, contigo;
  • Ele ? se, o, a, lhe, si, consigo;
  • Nós ? nos, conosco;
  • Vós ? vos, convosco;
  • Eles ? si, os, as, lhes, se, consigo.

Os pronomes pessoais são classificados como reto ou oblíquo. Os retos exercem função de sujeito, enquanto os oblíquos como função de objeto do verbo, como complemento.

Exemplo:

  • Ela estava esperando o namorado. (Reto).
  • Ela estava me esperando. (Ela, como reto. Me, como oblíquo).

Pronomes demonstrativos

Alguns exemplos de pronomes demonstrativos: esse, essa, isso, esses, essas, isto, este, esta, estes, estas, aquele, aquilo…

Os pronomes com “ST” (Isto, este, esta) são usados para dizer que uma coisa está próxima ao locutor (quem fala).

Exemplos:

  • Esta caneta é vermelha. (Está nas mãos ou mais próximo do locutor)
  • Quero fazer uma dieta neste ano. (O ano, o mês, o dia atual)
  • Este hospital é muito grande. (Locutor está dentro das instalações)

Os pronomes com “SS” (Esse, esses, isso, essas, essa) são usados para para dizer que uma coisa está mais próxima ao interlocutor (quem ouve) ou distante de quem fala.

Exemplos:

  • Esse livro de português é da Maria?
  • Essa blusa vermelha é muito bonita.
  • Essas balas coloridas são todas do mesmo sabor.

Em todas as frases acima, o substantivo (livro, blusa, balas) está mais próximo do interlocutor (quem ouve).

Os pronomes aquele, aquilo, aquela, aqueles e aquelas são utilizados para dizer que uma coisa está distante tanto do locutor quanto do interlocutor.

Exemplos:

  • Aquela caneta azul é sua?
  • Aquele carro vermelho do outro lado da rua está estragado.

Outros pronomes demonstrativos

Além dos exemplos acima, existem outros pronomes demonstrativos que variam em gênero e número, mas não estão ligados com nenhuma pessoa do discurso.

  • a, o, as, os (Quando acompanhados de “que” ou “qual”, passando a ideia de aquele, aquilo, aquela).

Exemplos:

  • Não entendi o que o professor quis dizer. (aquilo que o professor quis dizer).
  • Essa geladeira não é a que te emprestei? (aquela que te emprestei).

Mesmo, mesmo, próprio, própria

Os pronomes mesmo, próprio e suas variações são usados para dar ênfase a frase, já que a sua omissão não tiraria o sentido da frase.

Exemplos:

  • Maria comprou uma camiseta azul para João.
  • Maria mesma comprou uma camiseta azul para João.
  • Ele resolveu o problema.
  • Ele próprio resolveu o problema.

Pronomes interrogativos

Usado somente na 3º pessoa gramatical para fazer perguntas, podem ser diretas ou indiretas.

Alguns pronomes interrogativos: que, quem, qual, quais, quantos, quantas.

Exemplos em frases:

  • Quem estava cantando na praça?
  • Quantos anos você tem?
  • Já está ficando tarde, por favor, que horas são.

Pronomes possessivos

Esse é o grupo de pronomes que indica que certas coisas pertencem a uma das pessoas do discurso. Possuem variação de gênero e número.

NÚMERO PESSOA PRONOME
singular primeira meu(s), minha(s)
singular segunda teu(s), tua(s)
singular terceira seu(s), sua(s)
plural primeira nosso(s), nossa(s)
plural segunda vosso(s), vossa(s)
plural terceira seu(s), sua(s)

Exemplos:

  • Eu estava assistindo o jogo na minha televisão.
  • Tu não estavas no teu quarto ontem à noite.
  • Você não fez a sua tarefa.

Possessivos adjetivos x substantivos

Os pronomes possessivos podem ser adjetivos ou substantivos. Os adjetivos sempre acompanham o substantivo, enquanto o P.P.S substitui o substantivo.

Exemplos:

  • Esqueci as chaves do meu carro em casa, posso pegar o seu emprestado?

(Note que na frase acima, o pronome “meu” acompanha o substantivo carro, enquanto o pronome “seu” o substitui. Temos um Pron. Adj, seguido de um Pron. Sub).

  • Meu guarda-chuva é vermelho e o seu?

Pronomes indefinidos

Os pronomes indefinidos referem-se a terceira pessoa de forma vaga.

De forma geral, os pronomes indefinidos podem ser chamados de “pronomes das indiretas”. Sem dúvidas, você já deve ter lido ou até mesmo escrito algum texto vago em redes sociais onde não são citados nomes.

Se na hora da prova aparecer alguma questão vaga e que passa a impressão de indireta, provavelmente se trata de um pronome indefinido.

Alguns exemplos de pronomes indefinidos: alguém, ninguém, outrem, tudo, nada, algum, alguma, muito, muitos, pouco, poucas, certo, certa, qualquer, quaisquer, bastante.

Exemplos em frases:

  • Alguém estragou todo o gramado.
  • Certas pessoas não gostam de assistir futebol.
  • Não temos nenhuma vontade de comprar o perfume que ela vende.
  • Muitos de nós estamos aprendendo um novo idioma.

Pronomes relativos

Sempre aparecem em um período composto, ou seja, quando existem dois verbos. São usados para substituir um termo já mencionado na frase.

Exemplos:

  • Eu vi um morcego. Ele voava rapidamente.
  • Eu vi um morcego que voava rapidamente.

Veja como o desenvolvimento da frase fica bem melhor quando utilizamos um pronome relativo para ligar as duas orações.

Outros exemplos:

  • Eu comprei um celular novo. O celular vem com jogos gratuitos.
  • Eu comprei um celular novo que vem com jogos gratuitos.

Pronomes relativos invariáveis: quem, onde, que.

Pronomes relativos variáveis: o qual, a qual, os quais, as quais, cujo, cuja, cujos, cujas, quanto, quanta, quantos e quantas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.